28/06/2019 18h18 - Atualizado em 28/06/2019 18h42

Secretária de Direitos Humanos fala para residentes jurídicos

Foto: Renato H. S. Moreira

Desafios atuais para implantação de políticas públicas em Direitos Humanos. Esse foi o tema da segunda edição do projeto “Perspectivas Estratégicas”, realizado na manhã desta sexta-feira (28), no auditório da Procuradoria-Geral do Estado (PGE), em Vitória. No evento, a secretária de Estado dos Direitos Humanos, Nara Borgo, palestrou para residentes jurídicos.

O projeto faz parte do Programa de Residência Jurídica da PGE, coordenado pela Escola Superior da instituição (ESPGE), sob a responsabilidade do procurador Alexandre Nogueira Alves. O objetivo, segundo o procurador, é permitir a troca de experiências entre os membros da advocacia pública e os secretários de Estado.

“Queremos aprimorar o diálogo com as nossas instituições, bem como propiciar aos residentes conhecimentos para buscar soluções de controvérsias sociais de modo mais eficiente”, ressaltou.

Além da secretária, também participaram como convidados para debater o tema o defensor público e coordenador do Núcleo de Direitos Humanos da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo, Hugo Fernandes Matias, e a procuradora-chefe adjunta da Procuradoria de Consultoria Administrativa da PGE, Luciana Merçon Vieira.

Em sua fala inicial, a secretária relatou um pouco de sua história de vida, trajetória, experiência profissional e também pessoal na área de Direitos Humanos. “Escolhi fazer Direito por uma influência que veio de casa mesmo. Meu pai era promotor de justiça e eu costumava ir com ele até o Fórum de Colatina. Sempre gostei de ver os debates dos juris e desde cedo dizia que queria trabalhar com algo parecido; então me formei em direito e escolhi ser advogada. Gosto de advogar, de fazer audiência, fazer sustentação oral é a minha paixão e sinto falta de não atuar mais. Sempre segui no caminho dos Direitos Humanos porque acredito em sua promoção e defesa”, contou.

A secretária também lembrou o convite do governador Renato Casagrande para que ela assumisse a pasta de Direitos Humanos no Estado. “Foi uma grande honra e surpresa. Tive uma experiência na Prefeitura de Vitória que foi extremamente rica, mas estar à frente desta pasta no Governo do Estado é um grande desafio, porque lidamos com uma gama maior de temáticas, questões e demandas que envolvem todo o Espírito Santo. Digo que é um desafio diário, porém apaixonante. Cada política pública que a gente implementa é uma satisfação muito grande, pois estamos fazendo algo por uma sociedade melhor e mais justa”, ressaltou.

Ao final do evento, Nara Borgo foi parabenizada pela palestra. “Quero vir à PGE todo mês para receber esse carinho mais vezes”, disse a secretária (arrancando risos da plateia), dirigindo-se aos procuradores e aos residentes jurídicos, muitos dos quais seus ex-alunos.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da PGE
Renato Heitor Santoro Moreira
Tel: 3636-5059 / 98849-4899
comunicacao@pge.es.gov.br

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard